sábado, 22 de maio de 2010

Cientistas estão aprendendo a fazer chover


Uma equipe de pesquisadores europeus produziu chuva, no início de maio, em laboratório e sobre os céus de Berlim (Alemanha), usando uma nova técnica. Trata-se da criação de nuvens com raios laser.

Funciona assim: no laboratório, dispararam-se curtos impulsos de raio laser dentro de uma câmara contendo ar com alta umidade, a -24º C. Por onde o laser passava, era possível ver a formação gradual de nuvens. O laser converte os dióxidos de enxofre e nitrogênio em partículas que atuam como “sementes de chuva”.

Um problema, de acordo com os pesquisadores, é que não se encontram na natureza as condições de alta umidade e baixa temperatura que foram usadas no experimento. Os cientistas então tentaram repetir a operação ao ar livre, disparando lasers no céu da capital da Alemanha. Não se observou chuva, mas o aparelho de medição registrou um aumento na umidade do ar e formação de gotas de água quando o laser foi usado.

Isso sugere que o efeito não foi o mesmo do laboratório porque a temperatura e umidade não eram favoráveis como na câmara fechada. Por isso, a saída que os pesquisadores vão buscar é aumentar a potência do laser, para que essa diferença seja compensada.

Já se conseguiu produzir chuva de outra maneira, semeando as nuvens já “negras” (próximas de chover) com cristais de iodo, com eficácia comprovada. Mas criar chuva a partir do nada, produzindo as próprias nuvens, é uma novidade. [New Scientist]

http://hypescience.com/cientistas-estao-aprendendo-a-fazer-chover/?utm_source=feedburner&utm_medium=email&utm_campaign=Feed:+feedburner/xgpv+(HypeScience)

HYPESCIENCE