quinta-feira, 21 de outubro de 2010

Tumba de 4.500 anos é descoberta no Egito


Arqueólogos desenterraram uma tumba de quase 4.500 anos no Egito. O túmulo data da quinta dinastia, de 2.465 a 2.323 a.C., e pertencia a Rudj-ka, um sacerdote que dirigia o culto mortuário do faraó Quéfren (Khafre), construtor da segunda maior pirâmide de Gizé.

Quéfren morreu por volta de 2.494 a.C., mas o culto de adoração dos faraós por vezes durava após suas mortes. As paredes do túmulo estavam decoradas com relevos pintados que mostravam Rudj-ka com sua esposa em frente a oferendas divinas.

Segundo um especialista em antiguidades, como a tumba se localizava próxima as Pirâmides de Gizé, a descoberta pode indicar uma necrópole maior perto do planalto de Gizé, onde ficam as três pirâmides famosas. [MSN]

http://hypescience.com/tumba-de-4-500-anos-e-descoberta-no-egito/?utm_source=feedburner&utm_medium=email&utm_campaign=Feed:+feedburner/xgpv+(HypeScience)

HYPESCIENCE