quinta-feira, 14 de outubro de 2010

Fósseis das primeiras plantas do mundo são descobertos na Argentina


Fósseis na Argentina indicam que as primeiras plantas do mundo “colonizaram” a Terra há cerca de 472 milhões de anos atrás.

Os fósseis pertencem a plantas de estruturas muito simples, que não possuem nem raízes. Isso mostra que elas são o elo entre as plantas que viviam na água e as que passaram a se manter na terra. As plantas terrestres modificaram o clima do planeta, alteraram o solo e permitiram que outras formas de vida multicelular pudessem, também, sair do meio aquático e se adaptar à vida na terra.

A descoberta foi feita por uma equipe de cientistas do Instituto de Pesquisas Ambientais de Mendonza, na Argentina. Os esporos fossilizados que eles descobriram no Rio Capillas, localizado nas Serras Sub-andinas eram de plantas que, claramente, haviam evoluído de algas verdes multicelulares.

Esses chamados “criptoesporos” são os sinais mais antigos de plantas terrestres já descobertos. Antes da descoberta na Argentina, os fósseis de plantas mais antigos eram os que foram encontrados na Arábia Saudita, que tinha uma idade estimada de 461 milhões de anos. A descoberta de plantas antigas na Argentina e não próximas a Arábia Saudita mostra que as plantas se originaram em uma região muito distante do que se achava e que a vida também pode ter se adaptado para a Terra na mesma região.

As plantas fossilizadas encontradas provavelmente evoluíram para se tornar musgos e liquens. [BBC]

http://hypescience.com/fosseis-das-primeiras-plantas-do-mundo-sao-descobertos-na-argentina/?utm_source=feedburner&utm_medium=email&utm_campaign=Feed:+feedburner/xgpv+(HypeScience)

HYPESCIENCE