quarta-feira, 6 de outubro de 2010

Chove lixo espacial em uma aldeia na China



Habitantes de dois pequenos vilarejos separados, em Jiangxi (China), acordaram na última madrugada ouvindo um estranho barulho de algo metálico se chocando contra o chão. Era um pedaço de uma sonda lunar chinesa, Chang’e 2, que havia caído entre as casas. A sonda, lançada no dia 1º de outubro, largou algumas na atmosfera de suas partes dispensáveis na rota até a Lua, e duas delas quase provocaram uma tragédia.

As autoridades chinesas limitaram-se a um pedido de desculpas formal, apresentado ontem às comunidades: “desculpem por termos quase bombardeado sua vila com pedaços de um foguete usado”. Por sorte, nenhum dos dois pedaços atingiu uma casa ou propriedade, e ninguém sofreu nada além de um susto.

A tal sonda, a Chang’e 2, deve chegar à Lua amanhã. O projeto custou aos cofres chineses cerca de 138 milhões de dólares (o que equivale atualmente a 232 milhões de reais), e é uma medida dos chineses na chamada “Corrida Espacial Asiática”, cujo principal adversário é a Índia. A Chang’e 2 vai passar os próximos seis meses monitorando nosso satélite natural. [PopSci]

http://hypescience.com/chove-lixo-espacial-em-uma-aldeia-na-china/?utm_source=feedburner&utm_medium=email&utm_campaign=Feed:+feedburner/xgpv+(HypeScience)

HYPESCIENCE