quarta-feira, 9 de junho de 2010

Sinais de vida encontrados em uma das luas de Saturno


Cientistas podem ter encontrado sinais de vida em Titã, uma das luas de Saturno. Mas eles já declaram que reações químicas não orgânicas também poderiam estar por trás do fenômeno.

Titã tem o clima muito frio para que haja água líquida em sua superfície, mas cientistas sugerem que poderia existir vida em algumas piscinas de metano e de etano líquidos que existem no satélite.

Em 2005, cientistas levantaram a hipótese de que a vida poderia existir nesse tipo de ambiente se os micróbios alienígenas respirassem hidrogênio e comessem o acetileno, uma molécula orgânica, liberando metano no processo.

A idéia de que poderia haver vida em Titã surgiu do fato que não há acetileno livre na atmosfera – apesar das condições do satélite e dos raios ultravioleta que ele recebe serem propícios à produção da substância. Além disso, medidas da sonda Cassini, que estuda Titã, mostraram que há hidrogênio desaparecendo da superfície do astro.

Como o gás é liberado do interior do planeta, ele devia ficar acumulado na superfície, mas isso não acontece, o que pode sugerir que há seres respirando hidrogênio.

Enquanto a presença de vida extraterrestre em Titã ainda não é provada, cientistas afirmam que o fenômeno é muito interessante. [Gizmodo]

http://hypescience.com/sinais-de-vida-encontrados-em-uma-das-luas-de-saturno/?utm_source=feedburner&utm_medium=email&utm_campaign=Feed:+feedburner/xgpv+(HypeScience)

HYPESCIENCE