sexta-feira, 4 de março de 2011

Pessoas “magnéticas”: verdade ou mito?


Entre tantas outras lendas (ou verdades?) que rodam o mundo, agora um menino sérvio de 7 anos, chamado Bogdan, clama ser “magnético”. Aparentemente, objetos domésticos como colheres, garfos e facas grudam em sua pele com facilidade quase sobrenatural.

A ideia de que uma pessoa pode gerar um forte campo magnético é bizarra, mas o que é mais estranho é que outras coisas grudam nele também, como placas pequenas, objetos de vidro planos pequenos e até mesmo um controle remoto.

Bogdan não é o primeiro a afirmar ter essa capacidade. E, me desculpe se você for do tipo que acredita piamente em tudo, ainda não há nenhuma evidência de que qualquer pessoa seja magnética.

E, me desculpe novamente se você for do tipo que prefere as explicações místicas, mas a chave para compreender esse fenômeno, segundo especialistas, não está no magnetismo, mas sim na física do atrito.

A pele é muito elástica e tende a ficar em conformidade com objetos com os quais entra em contato. Isto é especialmente visível em dias quentes, quando a pele “gruda” em assentos de couro ou plástico, por exemplo.

E o que os metais, vidros e plásticos têm em comum? Todos eles têm superfícies muito lisas.

As pessoas chamadas “magnéticas” têm algumas características em comum. Primeiro, elas têm muito pouco pêlo sobre o corpo. Às vezes (como no caso de Bogdan), é porque a pessoa é adolescente e não atingiu a puberdade. Muitas vezes, as pessoas magnéticas são de origem asiática e, portanto, normalmente não muito peludas. Pode parecer que não, mas isso é importante, porque todo o pêlo que fica entre a pele e um objeto colocado sobre a pele reduz o atrito.

Segundo, as pessoas magnéticas vistas em vídeos e fotografias com objetos em seu corpo tendem a inclinar-se ligeiramente para trás, ou ficar mais ou menos perpendicular ao chão. Se realmente houvesse algum tipo de força desconhecida ou magnética, a pessoa deveria ser capaz de se inclinar bastante para a frente com o objeto ainda colado ao seu corpo.

Sem ofensas, mas é também verdade que Bogdan é um pouco gordinho, e, portanto, as colheres e outros objetos em seu peito podem na verdade estar apoiados na parte superior de sua barriga saliente.

Terceiro, se a razão pela qual os objetos estão aderindo à pele da pessoa é por causa do magnetismo, ao invés de um atrito da pele, não há razão para tais “magnéticos” só conseguirem realizar suas façanhas nus.

A atração magnética funciona mesmo através de um pedaço de papel fino, e se o magnetismo é tão forte como reivindicado, as pessoas magnéticas deveriam ser capazes de fazer truques de camiseta.

Não é questão de desmascarar ninguém. Muitas das “pessoas magnéticas” provavelmente acreditam mesmo que têm habilidades especiais.

Só que não há nenhum segredo real ou mistério para isso: qualquer um que já viu uma criança com uma colher grudada no nariz já viu isso antes. A única razão para parecer incomum é que poucas pessoas passam seu tempo livre tentando grudar colheres, facas e pequenas placas em seus peitos nus. [MSN]

http://hypescience.com/pessoas-%E2%80%9Cmagneticas%E2%80%9D-verdade-ou-mito/?utm_source=feedburner&utm_medium=email&utm_campaign=Feed:+feedburner/xgpv+(HypeScience)

Hypescience