terça-feira, 8 de fevereiro de 2011

Pesquisadores tornam invisível um clipe de papel usando cristais


A busca pelo “manto da invisibilidade” não é assunto somente de filmes de ficção científica. Pesquisadores de dois laboratórios independentes dos Estados Unidos e da Inglaterra têm usado cristais de calcita para tornar objetos visíveis (grandes o suficiente para serem vistos a olho nu) em invisíveis.

Ao longo dos anos, os metamaterias foram vistos como a esperança para as pesquisas na área. Produzidos artificialmente, uma de suas características é o de desviar certos comprimentos de ondas de luz, de forma a esconder um objeto. O problema é que isso acontece em nível microscópico, e os cientistas ainda não conseguiram aplicar o fenômeno em larga escala ou no espectro visível.

No entanto, a solução pode estar em um meio bem menos exótico. A calcita, uma abundante forma cristalina do carbonato de cálcio, também possui singulares propriedades de desvio de luz que, de acordo com o estudo, podem ter algum futuro na criação de dispositivos de camuflagem.

Para realizar o experimento, os pesquisadores alinharam e “colaram” cristais de calcita com orientações opostas, e então os posicionou sobre pequenos objetos – uma cunha metálica do tamanho de um grão de pimenta, nos Estados Unidos, e um clipe de papel, na Inglaterra. Em ambos os casos, os cristais de calcita refletiram e refrataram a luz de forma a esconder os objetos do outro lado, como se este não estivesse lá.

Por enquanto, a tecnologia é incipiente e um tanto bidimensional, embora a equipe norte-americana afirme que possui algumas ideias de como a camuflagem de três dimensões poderia ser feita. E, ao menos teoricamente, a técnica de camuflagem com cristais de calcita é limitada apenas pelo tamanho das pedras, que podem crescer o suficiente para esconder uma pessoa ou um pequeno apartamento de Nova York. [PopSci]

http://hypescience.com/pesquisadores-tornam-invisivel-um-clipe-de-papel-usando-cristais/?utm_source=feedburner&utm_medium=email&utm_campaign=Feed:+feedburner/xgpv+(HypeScience)

HypeScience