domingo, 11 de julho de 2010

O engenhoso próton que encolheu


O próton, uma das mais conhecidas e básicas estruturas que formam a matéria, esteve guardando alguns segredos. Essa semana, cientistas descobriram que seu núcleo é 4% menor do que se achava. E o que isso muda na sua vida? Nós já explicamos:

Os prótons, como você deve lembrar das aulas de química e física, são partículas elementares de carga positiva. Juntamente com nêutrons e elétrons, eles formam os átomos que, por sua vez, formam o Universo.

Os cientistas descobriram que o próton é menor disparando raios laser em uma versão do átomo de hidrogênio (que consiste de um elétron e de um próton). O experimento deixou claro que o raio do próton é menor. E essa descoberta significa que a teoria que explica como a luz e a matéria interagem deve ser revisada ou então que a constante usada em muitos cálculos envolvendo prótons está errada.

E isso afeta várias áreas da ciência. Na astronomia, por exemplo, a forma com que se calcula os elementos químicos de outras galáxias usando espectroscopia pode estar errada!

Pode não parecer muito significativo para nós, meros mortais, mas segundo os físicos é uma discrepância muito séria que pode significar uma nova teoria de eletrodinâmica quântica.

A medida “errada” foi tirada há 10 anos atrás, em um instituto alemão. Ou seja, não só os alemães confiaram em um polvo para dizer que iriam perder as semifinais para a Espanha, mas também podem ter feito besteira com a mecânica quântica – com todo o respeito, afinal, durante 10 anos, ninguém conseguiu provar que eles estavam errados.

Agradecemos ao leitor Diego Willrich pela dica! Quer sugerir um tema para o HypeScience? Comente ou mande um e-mail! [LiveScience]

http://hypescience.com/o-engenhoso-proton-que-encolheu/?utm_source=feedburner&utm_medium=email&utm_campaign=Feed:+feedburner/xgpv+(HypeScience)

HYPESCIENCE