quarta-feira, 28 de julho de 2010

Michelangelo escondeu um tronco cerebral na garganta de Deus?




A representação de Michelangelo da garganta de Deus em um painel de seu afresco na Capela Sistina é estranha, o que não combina com um artista tão dedicado ao estudo da anatomia. Agora, os pesquisadores têm uma teoria para explicar o porquê: Michelangelo teria incorporado a imagem de uma haste de cérebro humano na garganta de Deus. Confira:

Um dos painéis contém uma imagem estranhamente iluminada e desajeitada do pescoço e da cabeça de Deus. A luz que ilumina o pescoço é diferente da do resto da pintura. Além disso, a barba de Deus é encurtada e parece acumular ao longo dos lados do queixo, e seu pescoço bulboso provocou especulações de que Michelangelo pretendia retratar Deus com um papo, ou com uma glândula tireóide anormalmente aumentada.

Dois investigadores, um neurocirurgião e um restaurador, teriam uma teoria mais lisonjeira. Neste painel, que retrata a Separação da Luz das Trevas, conforme o livro de Gênesis, Michelangelo teria incorporado uma vista ventral do tronco cerebral.

Usando uma análise digital, eles compararam as sombras da pintura delineando as características do pescoço de Deus com uma foto de um modelo desta seção do cérebro que se conecta com a medula espinhal, e encontraram uma estreita correspondência.

Esta não é a primeira imagem anatômica encontrada escondida nos afrescos da Capela Sistina. Em 1990, um ginecologista identificou um esboço do cérebro humano na Criação de Adão. Entre outros detalhes, ele observou que o sudário em torno de Deus tinha a forma do cérebro, ou da parte superior do cérebro. Uma década depois, outro pesquisador apontou um tema de rim.

Os estudiosos especulam que, por ele ter utilizado o tema do cérebro com sucesso na Criação de Adão quase um ano antes, Michelangelo queria mais uma vez associar a figura de Deus com um cérebro.
Apesar dessa analise fazer sentido junto aos registros históricos, os estudiosos lembram do perigo de interpretar uma obra-prima, dizendo que nem todos os historiadores de arte e outros espectadores concordarão com a mesma conclusão.

E você, o que acha? Michelangelo teria mesmo escondido “cérebros” na Capela Sistina ou é só uma interpretação exagerada dos especialistas?[LiveScience]

http://hypescience.com/michelangelo-escondeu-artisticamente-um-tronco-cerebral-na-garganta-de-deus/?utm_source=feedburner&utm_medium=email&utm_campaign=Feed:+feedburner/xgpv+(HypeScience)

HYPESCIENCE