domingo, 11 de julho de 2010

A melhor forma não-nuclear de armazenar energia


O que você obtém quando mistura xenônio, fluorido e submete a mistura a uma pressão semelhante à do centro da Terra? A ultra-bateria, capaz de armazenar mais energia condensada do que qualquer outra bateria no planeta!

O material usado para fazer a bateria é o difluorido de xenônio (XeF2), um cristal branco usado, atualmente, para unir condutores de silicone. O cristal então é colocado em um recipiente pequeno, que mede apenas 5 x 7,5cm – o recipiente possui dois pequenos fragmentos de diamante que pressurizam a substância em um espaço diminuto.

Normalmente, as moléculas do xenônio, por ser um gás nobre, ficam muito longe uma das outras, mas a pressão exercida pela célula faz com que elas se juntem. Quando a pressão alcança a marca de “um milhão de atmosferas”, as moléculas formaram estruturas metálicas em 3 dimensões, armazenando toda a energia mecânica (e uma quantidade enorme de energia).

Segundo especialistas, essa é a forma de armazenamento de energia condensada mais efetiva (sem contar a energia nuclear). As possíveis aplicações do material vão desde supercondutores até combustível.[io9]

http://hypescience.com/a-melhor-forma-nao-nuclear-de-armazenar-energia/?utm_source=feedburner&utm_medium=email&utm_campaign=Feed:+feedburner/xgpv+(HypeScience)

HYPESCIENCE