quinta-feira, 27 de janeiro de 2011

Urso polar nada 687 quilômetros sem parar


Um urso polar, rastreado no norte do Alasca, nadou continuamente por nove dias, percorrendo uma distância de 687 quilômetros.

De acordo com os cientistas que observaram o animal, essa resistência incrível pode ser fruto das mudanças climáticas. Os ursos polares são conhecidos por nadar entre a terra e as geleiras em busca de alimento (focas, por exemplo). Mas com as mudanças climáticas o gelo está derretendo, o que força os ursos a nadarem maiores distâncias sem parar – arriscando a saúde deles e das próximas gerações de ursos.

Os dados obtidos mostram que o urso nadou por 232 horas seguidas, em uma água com temperatura entre 2 a 6 graus Celsius.

Apesar de ursos serem observados nadando por cientistas, é a primeira vez em que a jornada completa de um urso é acompanhada.

Mas a jornada custou muito para o urso, que era fêmea, e que perdeu cerca de 22% de sua massa corporal, além de seu filhote, que não conseguiu acompanhá-la. [BBC]

http://hypescience.com/urso-polar-nada-687-quilometros-sem-parar/?utm_source=feedburner&utm_medium=email&utm_campaign=Feed:+feedburner/xgpv+(HypeScience)

HypeScience

Sem comentários:

Publicar um comentário