segunda-feira, 17 de janeiro de 2011

Aves estão ameaçadas – mas isso é um problema de longo prazo, que só agora está sendo divulgado


Sim, as aves estão em apuros. Mas o problema da extinção das aves não tem nada a ver com os acontecimentos bizarros recentes, como os milhares de melros que caíram do céu em Arkansas, EUA, na véspera do Ano Novo.

Em vez disso, especialistas dizem que as aves estão se tornando vítimas de um rol de ameaças a longo prazo que vão desde a perda de habitat até a poluição e as alterações climáticas.

Ocorreram mortes em massa de aves em Arkansas, Louisiana, Kentucky (EUA) e na Suécia, um fenômeno que foi apelidado de “aflockalypse”. Porém, esses eventos não são um sinal de que o fim está próximo. Segundo ecologistas, eles podem ser rotineiros. Provavelmente é só um monte de eventos independentes que, de repente, geraram notoriedade pública e tem preocupado a todos.

Os acontecimentos atuais são “o tipo de coisa com que os ecologistas lidam todos os dias”. Se a morte em massa é um sobressalto é incerto: os biólogos só conhecem as que são relatadas. Eles suspeitam que muitos eventos, talvez a maioria, nunca são levados ao seu conhecimento.

O que é diferente ao longo dos últimos dias é que mais pessoas estão percebendo a mortandade, e publicando-as. Este pode ser o resultado da tecnologia: telefones celulares, internet e comunicações globais imediatas. Isso pode até ser útil para os pesquisadores; que ficam sabendo de mais eventos e podem ouvir relatos de outros eventos no futuro.

Aprender mais sobre mortandade em massa vai ajudar os cientistas a ficar de olho na saúde da vida selvagem, que está relacionada com a saúde humana e de animais domésticos. Muitas doenças infecciosas emergentes têm suas origens nas populações de animais selvagens.

Com a perda de habitat e locais para a vida selvagem se desenvolver, há maior interação entre animais selvagens e seres humanos, e em condições de superlotação, eles são mais propensos a ter problemas e doenças.

Ainda assim, é improvável que os eventos atuais tenham a ver com o perigo que correm as aves, mas isso não significa que não há nada com que se preocupar. Uma em cada seis espécies de aves está ameaçada de extinção. E essa é uma história que é devida à perda de habitat e perturbação climática global, entre outras causas. Tal preocupação existia antes, existe hoje, e deve continuar existindo por muito tempo. [MSN]

http://hypescience.com/aves-estao-ameacadas-mas-isso-nao-tem-conexao-com-as-aves-mortas-que-apareceram-em-massa/?utm_source=feedburner&utm_medium=email&utm_campaign=Feed:+feedburner/xgpv+(HypeScience)

HYPESCIENCE