terça-feira, 14 de junho de 2011

México: Cartéis raptam passageiros para combates gladiadores


Cartéis de droga no México estão a raptar passageiros de autocarros em autoestradas e a usá-los para hediondas diversões ao estilo dos antigos gladiadores, a quem dão maças, machados e paus para lutarem ao estilo «arena», até à morte.
Entretanto, os idosos são mortos e as jovens mulheres violadas, contou ao Houston Chronicle um traficante ligado aos cartéis, numa das mais arrepiantes descrições das actividades destes.
Numa entrevista ao vivo arranjada por intermediários e sob condição de anonimato, o traficante ainda admitiu ajudar a contrabandear todos os meses cocaína no valor de 5 a 10 milhões de dólares para os Estado Unidos.
Fontes policiais disseram ao jornal texano que o informador é um operacional de um cartel.
A ser verdade o que o homem disse, os criminosos que são conhecidos por terem vulgarizado actos como cortar cabeças, enforcamentos e esquartejamento de corpos, refinaram ainda mais a sua barbárie.
Membros do cartel dos Zetas, têm arrastado passageiros para um sangrento confronto à moda dos gladiadores, a que chamam «Quem vai ser o próximo combatente?», contou o informador, acrescentando: «eles cortam homens aos bocados».
As vítimas estão, aparentemente, entre as centenas de corpos encontrados em valas comuns nos últimos meses.
Perto da cidade mexicana de San Fernando, cerca de 200 corpos foram encontrados e a maior parte parece ter morrido na sequência de traumatismos cranianos.
DIARIODIGITAL