segunda-feira, 20 de fevereiro de 2012

Janeiro trouxe calor e extremos para o globo


O primeiro mês de 2012 foi classificado como o 19º janeiro mais quente desde 1880, quando as temperaturas globais passaram a ser registradas e mantidas, de acordo com os U.S. National Oceanic and Atmospheric Administration (NOAA).
O NOAA informou que a temperatura combinada da terra e da superfície do oceano durante o mês atingiu 12 graus Celsius, superando a média para o século 20.
Janeiro de 2012 foi um mês de extremos climáticos no Hemisfério Norte. A América do Norte, partes do norte da Europa e da Ásia, sul da América do Sul e a maior parte da Austrália tiveram temperaturas acima da média. Enquanto isso, o Alasca, China, Mongólia, Cazaquistão, centro-sul da Rússia, grande parte do Oriente Médio, norte da Índia, norte da África e o sudoeste da Groenlândia experimentaram algo incomum.
Trata-se de um ano de temperaturas quentes para grande parte da superfície do planeta, acima da média verificada durante 2011. Só os Estados Unidos vivenciaram uma série de desastres relacionados ao tempo sem precedentes, de secas, passando por queimadas e até um furacão.[LiveScience]
http://hypescience.com/janeiro-trouxe-calor-e-extremos-para-o-globo/?utm_source=feedburner&utm_medium=email&utm_campaign=Feed%3A+feedburner%2Fxgpv+%28HypeScience%29
Hypescience