segunda-feira, 13 de dezembro de 2010

«Código» revelaria identidade da Mona Lisa - perito


Um investigador italiano diz ter encontrado um código secreto incluído na pintura «Mona Lisa», de Leonardo da Vinci, que poderia ajudar a revelar a identidade da modelo retratada no quadro.

DIÁRIODIGITAL

Segundo Silvano Vinceti, presidente do Comité Nacional para a Valorização de Bens Históricos, Culturais e Ambientas, o código estaria inscrito nos olhos da «Mona Lisa», na forma de letras microscópicas, não visíveis a olho nu.

O perito diz ter identificado as iniciais LV, de Leonardo da Vinci, pintadas em preto sobre o castanho-esverdeado da pupila direita da Mona Lisa ou La Gioconda, como o quadro também é conhecido.

No olho direito, ele diz ter identificado as iniciais CE ou possivelmente a letra B. No fundo da pintura, estariam os números 72, ou L2 se invertidos.

Para Vinceti, essas inscrições seriam a chave para revelar a identidade da modelo da pintura.

«Examinamos a pintura em detalhe e pedimos a análise de pintores experientes, que confirmaram que é pouco provável que esses sinais tenham sido colocados lá por acaso», diz ele.

Várias teorias já foram aventadas sobre a identidade da «Mona Lisa», incluindo a de que ela seria um auto-retrato do pintor.

Um estudo da Universidade de Hidelberg, em 2005, identificou-a como Lisa Gherardini, mulher do rico mercador florentino Francesco del Giocondo.

Em Janeiro, o próprio Silvano Vinceti havia pedido a exumação dos supostos restos de Da Vinci, enterrados no Castelo de Amboise, no Vale do Loire, na França, para tentar comprovar a tese de que a pintura era um auto-retrato.

O italiano pretende revelar a identidade da «Mona Lisa» num livro, «Il Segreto Degli Occhi Della Gioconda» («O Segredo dos Olhos de La Gioconda»), cujo lançamento deve ocorrer no mês que vem.

Vinceti é conhecido em Itália pelo seu envolvimento em teses polémicas relacionadas com os grandes mestres da arte clássica.

Este ano, e também anunciou ter identificado os restos perdidos do pintor Caravaggio.