quarta-feira, 6 de junho de 2012

Naves espaciais estão matando milhares de antílopes no Cazaquistão?


Como você explicaria a morte inesperada de cerca de mil antílopes? Alguns biólogos do Cazaquistão, onde vive a espécie, estão apontando uma nave espacial russa como a culpada pelo “extermínio”.
Essa é a terceira vez que um grande número desses animais é extinto, em apenas dois anos. Em 2010, 12 mil antílopes morreram misteriosamente, e em 2011, cerca de 450, sem causa comprovada.
As hipóteses que surgiram variam de infecção no pulmão, causada por uma bactéria, até fertilizantes tóxicos. Mas uma delas é, no mínimo, a mais interessante: a culpa seria de uma cápsula russa que pousou, em abril, na vila de Sorsha, onde pelo menos 120 animais foram encontrados mortos. A nave veio direto da Estação Internacional Espacial, e abrigava dois astronautas russos e um americano. Uma evidência extra seria um local de lançamento de naves russas, no centro do Cazaquistão.
Mas não saia por aí pensando em bactérias alienígenas e catástrofe mundial. A sugestão seria de que os lançamentos liberam muitos químicos, que combinados com os fertilizantes poderiam estar infectando a comida, e matando os animais com sistema imunológico mais fraco. A prova disso seria que a maior parte dos antílopes mortos eram fêmeas grávidas, assim como recém-nascidos.
Os pobres animais foram quase extintos no século passado, principalmente devido à caça desregrada, já que seus chifres são muito utilizados na medicina chinesa.
Através de medidas de controle e proibição da caça, o número dos animais voltou a subir, com estimativas que variam entre 50 mil e 85 mil animais, quantidade ainda pouco expressiva, classificada como alarmante.
Qual sua hipótese para essas recentes e misteriosas mortes? [DailyMail]