sexta-feira, 15 de junho de 2012

James Cameron quer bater recorde e mergulhar a 11 km de profundidade


O renomado cineasta James Cameron, que dirigiu filmes como O Exterminador do Futuro, Titanic e Avatar, está indo longe em seu velho hobby: o mergulho. Na última semana, ele concluiu com sucesso uma exploração a 8 km de profundidade, na costa de Papua Nova Guiné (arquipélago na Oceania). A empreitada foi a preparação para uma meta ainda mais ambiciosa: alcançar a Fossa das Marianas, ponto mais baixo da Terra conhecido pelo homem.
Localizada a uma profundidade de 10.994 metros na parte mais rebaixada, segundo as medições mais recentes, a Fossa das Marianas se estende por 2.500 quilômetros no Oceano Pacífico. Em 1960, dois homens alcançaram a Fossa pela primeira vez, dentro de um batiscafo (aparelho designado especificamente para a medição dos oceanos).
De lá para cá, houve apenas duas “visitas” de batiscafos ao ponto mais profundo (uma em 1966 e outra em 2009), mas nenhuma delas tripulada. Isso faz da missão de Cameron um quase pioneirismo. O cineasta acredita que o fundo dos oceanos é a última área cientificamente vasta a se pesquisar, e seus mistérios e riquezas ainda rendem uns bons cem anos de exploração.
O plano de James Cameron é objetivo: em um submarino construído por engenheiros australianos, cuja capacidade é de apenas um tripulante (ele mesmo, no caso), o diretor vai explorar as regiões mais profundas da Fossa das Marianas durante seis horas. O submarino será equipado com câmeras, já que a ideia de Cameron é lançar um documentário em 3D sobre o local.
Uma empresa americana de submarinos, a Triton, aplaude a iniciativa de Cameron, e afirma também querer ingressar neste campo. Eles pretendem promover, no futuro, viagens comerciais e de turismo à Fossa das Marianas, pela quantia de 250 mil dólares (equivalente atual a R$ 440 mil). Quanto a Cameron, a motivação para a viagem é sua grande paixão pelo fundo dos mares, levada às bilheterias do planeta com Titanic. [BBC]