segunda-feira, 16 de fevereiro de 2015

30 curiosos mistérios inexplicáveis (05)






15. Jack Flaming
E falando em Serial Killers, esse é um mistério que os deepnautas não sabem desvendar. Trata-se de “Jack Flaming” ou “Jack Fiery”, que virou uma verdadeira lenda urbana nos últimos tempos em fóruns americanos da DW. Apesar do teor pesado de creepypasta – pelo modo como alguns detalhes são apresentados – ainda assim é perturbador.

http://ahduvido.com.br/30-curiosos-misterios-inexplicaveis

A História é a seguinte: um usuário entra nesses fóruns e abre um diretório chamado “Jack Flaming” (as vezes, Jack Fiery). O diretório fica no ar por, no máximo, cinco minutos. Dentro do diretório há 32 links (uns afirmam que é 34) que levam para um página que tem apenas um “tube” (uma caixa de exibição de vídeos) e nada mais. Quando o visitante dá play, aparentemente se depara com um vídeo snuff. Depois de cinco minutos tudo some: diretório, página, registros…. Os deepnautas não sabem dizer se isso é uma trollagem tremenda ou um Serial Killer querendo mostrar sua “obra”.
A ultima aparição foi em 13 de julho deste ano. O diretório foi aberto em fórum da Mariana’s Web intitulado “Primary”. Em pouco tempo, em outro fórum da camada da Zero os comentários explodiram. Quem conseguiu acessar a tempo a Mariana’s não acreditava no que assistia. Segundo relatos, “era pesado demais, mesmo para DeepWeb”.
O conteúdo dos vídeos? Um site da DW, similar ao 4chan, transcreveu um dos comentários do dia 13, leia:
“Cliquei no link 001-1. Quando o vídeo começou pensei não ser nada demais: a imagem de baixa qualidade mostrava uma sala escura, com as paredes bastante sujas e mofadas. Algumas janelas estavam com ripas de madeiras e outras cobertas com uma cortina velha de cor amarelada. Ficou assim por uns 10 segundos até que alguém mudou a direção da câmera. Agora podia ver o outro lado da sala. Nele havia um piano, uma mulher amarrada pelas mãos e pelos pés, em uma cadeira, sentada na frente do piano. Cambaleante, a mulher notavelmente estava dopada. Uma voz surgiu ao fundo dizendo “diga Olá”. A mulher permaneceu em silêncio. Um sujeito usando uma mascara de gás daquelas antigas apareceu no vídeo. Ele foi até a mulher e puxando-a pelos cabelos ordenou que dissesse “Olá”. Ela permaneceu em silêncio. Ele largou seus cabelos e mandou que tocasse o piano. Ela se recusou ou talvez não pudesse, parecia sob o efeito de alguma droga, sendo que mesmo amarrada ainda não conseguia se manter estável. O homem ordenou pela segunda vez: “Toque”. E ela não fez nada. Permanecia parada. Furioso, ele saiu da tela e logo em seguida voltou com um pedaço de madeira acertando as costas da mulher.  Ela gritou e com certa dificuldade, começou a tocar. Dedilhando as teclas, claramente erradas, o som não formava uma música. O homem com tom de voz mostrando nítida irritação disse: “Está errado! Toque direito!”. A mulher, que sequer conseguia levantar as mãos, tentava sem sucesso tocar de forma mais agradável. Abafada pela máscara de gás, a voz do homem parecia em tom de cochicho. Saiu do lado da mulher gritando “Já chega” e saiu da tela. Por um tempo, tudo ficou em silêncio. Depois um barulho de bate porta tomou conta do áudio. Não demorou para que o homem retornasse a tela com uma espécie de lança chamas na mão. Sem dizer mais nada, ateou fogo contra a mulher que começou a gritar desesperadamente. Então o mascarado, as gargalhadas disse: “Isso sim é sinfonia!”. Não consegui assistir mais, fechei tudo e desliguei o computador. Mais tarde entrei novamente e não havia mais nada! Foi uma das piores coisas que assisti nesses últimos tempos, se for brincadeira, é de muito mau gosto.”
Obviamente, fica difícil dizer se todos os comentaristas entraram em contato ou foram apenas na onda dos demais, mas supondo que seja verdade, estaríamos lidando com um maníaco da pior espécie. Esperamos que seja essa apenas outra entre tantas creepypastas pós “inicio do 4chan”.
14. Perseguição ao Carro Fantasma
Vão tentar explicá-lo nos comentários. Vão distorcer. Mas o fato é que até os especialistas em edição de vídeo, mágicos e escambau já tentaram… e NÃO CONSEGUIRAM! Aqueles que chegaram mais perto de uma explicação lógica foi o programa Fact or Faked: Paranormal Files que mostrou que é possível atravessar a cerca sem danificá-la, entretanto, não afirmaram que foi isso que houve nesse caso, mesmo porque para fazer isso tiveram que preparar detalhadamente todos os passos antecipadamente ( e também não conseguiram explicar para onde o carro foi depois que passou da cerca).
Há alguns anos atrás surgiu um vídeo na internet de uma perseguição policial em Garden City, Georgia, que foi apelidada de carro fantasma . No vídeo, os oficiais podem ser vistos tentando encostar um veículo branco que está dirigindo de forma irregular. Depois de seguir o carro por um tempo, o motorista desvia e faz uma inversão de marcha. O carro é movido para fora da estrada, bate e chega a um beco sem saída. Em seguida, ele se move para a esquerda e desaparece atrás de uma cerca de arame. Simplesmente some!
O motorista nunca foi capturado e nunca encontraram o veículo. Depois de analisar as imagens, muitas pessoas têm comentado que o carro viajou por baixo da cerca. Isso até poderia ter acontecido, como mostra o programa FoF, é possível com muito preparo, fazer um carro passar por uma cerca sem danificá-la. No entanto, isso não explica como o carro e motorista sumiram depois que atravessaram a cerca! A área foi revistada, nem as marcas de pneus permaneceram no terreno, tudo sumiu, assim, em um instante! Os responsáveis do departamento de polícia depois que recuperaram o vídeo ficaram chocados. Ah… e a placa do veículo não tinha registro!
Pois é leitor, parece que Marty McFly bebeu umas e anda fazendo suas peripécias por aí!
13. A História de Michael Boatwright
Em 28 de fevereiro de 2013 aos 61 anos de idade,  Michael Boatwright foi encontrado inconsciente no Motel 6 em Palm Springs, Califórnia. A emergência foi chamada e levaram o homem para o hospital. Em seus pertences foi encontrada uma carteira de motorista em seu nome: Michael Boatwright. Sua irmã foi chamada e disse que não o via há mais de 10 anos.Até aí tudo bem, porém quando Boatwright acordou a confusão começou!
Começando pelo fato que Michael ficou apavorado com o seu rosto: alegava que aquele não era ele… e alegava isso em sueco! Ele estava falando sueco e dizia que seu nome era Johan Ek. Posteriormente, os médicos diagnosticaram Michael e constataram que ele estava em perfeito estado de saúde.
A verdadeira história de Michael Boatwright nunca foi descoberta. Ele teve que aprender a falar inglês de novo e domina por completo o sueco. Não lembra de absolutamente nada de seu passado – ou melhor dizendo, lembra sim, do passado de Johan Ek, as lembranças que Michael Boatwright tem são todas da vida de Johan Ek, pessoa que os médicos afirmar que é um personagem criado pela sua mente após um trauma psicológico.
Espantosamente, a história de Boatwright não é única. O caso Benjaman Kyle é ainda mais bizarro do que Boatwright. Nas primeiras horas da manhã de 31 de agosto de 2004, um homem de meia-idade foi encontrado inconsciente, deitado ao lado de algumas lixeiras em um Burger King da Georgia. O homem foi dado como sem-teto e apresentava sinais de traumatismo de crânio. Como Boatwright, ele não reconheceu seu próprio rosto e falava uma mistura de inglês americano com sotaque britânico e hora sotaque escocês. Ao contrário Boatwright, Kyle não tinha qualquer identificação com ele.
Inicialmente apelidado de “BK”  de  “Burger King”, terminou escolhendo o nome Benjaman Kyle. Ele é o único cidadão americano listado como desaparecido, embora as autoridades governamentais saibam onde ele está. Foi diagnosticado com Amnésia Dissociativa que parece ser permanente ( quase 10 anos depois ele ainda não lembra de nada antes do momento que foi encontrado nas latas de lixo). Em um mundo onde a comunicação é rápida e global, Kyle continua a ser um fantasma. Suas impressões digitais não aparecem em nenhum registro, nem do FBI, nem dos militares dos EUA e nem de qualquer departamento do governo. Testes de DNA não apresentaram qualquer pistas. Ele já apareceu em inúmeros artigos de jornal e entrevistas na televisão e rádio, incluindo uma aparição em horário nobre em um dos programas de maior audiência do horário… e nada: ninguém nunca viu o sujeito!
Hoje, Benjaman Kyle lava pratos para sobreviver vida e continua sem saber quem ele realmente é.
12. A Filmagem do ChupaCabra
ChupaCabra é um dos criptidos mais famosos atualmente. Existem relatos de seus ataques em diversos países do mundo, porém, nenhuma prova de sua existência. Ou pelo menos não tinha… veja o vídeo acima.
A criatura é conhecida por matar o gado/cabras/galinhas e beber o sangue do animal. O Chupacabra tem uma ampla gama de características físicas com alguns tê-los identificado como sendo uma criatura tipo lagarto com longos espinhos, enquanto outros dizem que são pequenos animais que se parecem com um coiote careca com presas afiadas, ou um tipo de coiote, lobo, ou ainda, híbridos de cães.
Apesar da discrepância entre a aparência da criatura, o Chupacabra é conhecido por matar por infligir de três pequenas perfurações no peito e no pescoço da vítima. As feridas se assemelham a um triângulo de cabeça para baixo e se o animal é então tem o seu sangue drenado. A lenda urbana diz que a criatura ataca sua presa com total discrição.  Atualmente, não existem animais de grande porte que praticam hematofagia.
Em 8 de agosto de 2008, a polícia em DeWitt County, Texas, foi avisada sobre uma série de ataques de um suposto “Chupacabras”.  Apesar de cético a respeito dos eventos, Brandon Riedel resolveu sair da DP e investigar. Terminou conseguindo filmar um estranho animal com a câmera de seu veículo. No vídeo, a criatura pode ser visto fugindo do carro, à cerca de 70 km/h. Os especialistas que assistiram o vídeo não conseguiram identificar o animal, por isso acreditam se tratar de um híbrido de coiote ou uma mutação genética.
Muitos programas de TV já tentaram desmitificar o vídeo falando dando as mais absurdas desculpas, que variam desde um pônei sem pêlos até um javali sem dentes! Como seria de esperar, nenhuma das desculpas foi realmente convincente e assim o mistério permanece.
11. O Desaparecimento do Pai da Cinematografia
Louis Le Prince foi um inventor francês conhecido por ter criado as primeiras imagens em movimento do mundo, trocando em miúdos, o primeiro filme. Estranhamente, “O Pai de Cinematografia” também é lembrado por ser o protagonista de um dos mais estranhos desaparecimentos de todos os tempos . Em 16 de setembro de 1890, Le Prince foi visitar seu irmão em Dijon, na França. Le Prince embarcou no trem e desapareceu antes de chegar ao seu destino!
As testemunhas dizem que viram Le Prince entrando em sua cabine, depois de ter verificado a sua bagagem em um compartimento separado. Le Prince e a sua bagagem nunca mais foram vistos. Não havia sinais de crime ou algo suspeito durante a viagem e ninguém se lembrava de ver Le Prince de fora de sua cabine. As janelas estavam bem fechadas, com vidros fixos e como ele não os quebrou teria sido difícil para ele pular fora do trem – a não ser que atravessasse o vidro sem quebrá-lo. A única saída era a porta e ele não saiu da cabine. Além disso tudo, a única explicação lógica que encontraram ao fato, o suicídio,  parecia ser uma opção improvável, pois Le Prince estava planejando viajar para os Estados Unidos para obter patentes para suas novas invenções. Porque Le Prince foi incapaz de obter essas patentes, Thomas Edison (ou melhor, Thomas Pilantra Edison) levou o crédito pela invenção do cinema.