quinta-feira, 1 de setembro de 2011

O que é o “olho” do furacão e como ele se forma?


O olho de um furacão é como a “mente maligna” de toda a operação. A formação de um olho – aquela forma circular azul no centro de um vórtice que tem tipicamente 30 a 65 quilômetros de diâmetro – quase sempre indica que uma tempestade tropical está se tornando mais organizada e mais forte.
Por esta razão, os meteorologistas acompanham o desenvolvimento de tempestades de perto, a procura de sinais de um “olho”. Mas por que eles se formam?
Como tantos sistemas climáticos complexos, os cientistas não compreendem inteiramente esse processo. Centenas de teorias foram formuladas, mas todas procuram aprofundar a mesma ideia geral.
Em uma tempestade tropical, a convecção faz com que faixas de vapor cheias de ar comecem a girar em torno de um centro comum.
De repente, uma banda de ar a uma certa distância radial começa a rodar mais fortemente do que as outras, e torna-se uma “parede de olho”, uma região de ventos mais fortes que rodeia o olho de um furacão.
Os ventos girando causam correntes de ar ascendentes: o ar se move a partir da superfície do oceano para o topo da tempestade. A maior parte deste ar, então, flui para fora sobre as nuvens de tempestade e para baixo em torno da borda exterior, de volta para onde começou. Isso configura um ciclo que impulsiona o desenvolvimento da tempestade.
Por razões desconhecidas, nem todo o ar que se eleva flui sobre a borda externa da tempestade; uma pequena quantidade vai por outro caminho, afundando para baixo através do centro da tempestade.
Em um determinado ponto, o peso desse ar “perdido” neutraliza a força do ar na região central. Em seguida, ele toma conta de sua força: o ar começa a descer lentamente no centro da tempestade, criando uma zona livre de chuva. Isso é um olho recém-formado.
Em terra, o centro do olho é, de longe, a parte mais calma da tempestade, com céu sem nuvens, vento e chuva na maior parte. Sobre o oceano, no entanto, é possivelmente a parte mais perigosa: no seu interior, ondas de todas as direções batem umas nas outras, criando ondas monstras tão altas quanto 40 metros.
Embora essa “falsa” calma do olho possa atraí-lo para fora de sua casa ou abrigo, os especialistas recomendam que você fique em casa. As pessoas muitas vezes são pegas de surpresa pelos ventos violentos do lado oposto da parede do olho.[LiveScience]
http://hypescience.com/o-que-e-o-%E2%80%9Colho%E2%80%9D-do-furacao-e-como-ele-se-forma/?utm_source=feedburner&utm_medium=email&utm_campaign=Feed%3A+feedburner%2Fxgpv+%28HypeScience%29
Hypescience