terça-feira, 15 de abril de 2014

Apartamento luxuoso fechado há mais de 72 anos é encontrado intocado em Paris






Estava fechado desde 1942 e ninguém imaginava o que ele poderia conter. Um apartamento em uma zona nobre de Paris, perto da famosa ópera Palais Garnier, que se descobriu ter pertencido a uma famosa atriz e socialite (e rica!) parisiense, Madame de Florian. Obrigada a fugir dos horrores da 2ª Guerra Mundial, Florian deixou tudo pra trás.

www.hypeness.com.br

A mulher foi para o sul do país e, por razões desconhecidas, não mais voltou ao apartamento, mesmo depois do fim do conflito. Madame de Floria, no entanto, continuou pagando o aluguel do apartamento até ao último dos seus dias, em 2010, com 91 anos. Com a sua morte, o leiloeiro Olivier Choppin-Janvry entrou no apartamento e fez a descoberta.
“Havia um cheiro a poeira velha”, conta. Mas essa era a única real marca do tempo – todo o resto estava perfeitamente preservado, intacto, como se a casa esperasse que, a qualquer momento e como que por milagre, a dona decidisse voltar de férias. Peças de arte, brinquedos muito antigos e animais embalsamados faziam parte do cenário quando Olivier entrou. Mas um quadro chamou a atenção: um retrato de uma mulher, da autoria do pintor Giovanni Boldini. A musa? A própria Madame de Florian, quando tinha 24 anos.
Mais que um apartamento, esta verdadeira viagem no tempo continua intacta (o pó foi limpo e o retrato da Madame vendido por mais de 2 milhões de euros, o resto foi deixado como estava), mas não está prevista a abertura ao público.
Felizmente temos as maravilhosas fotos abaixo, que nos permitem dar uma olhada numa época há muito deixada pra trás.