quarta-feira, 1 de maio de 2013

“Olho da África”: o fenómeno natural inusitado




A cena conta com uma espécie de buraco com algumas ondas de impacto ao lado, como você pode conferir na imagem acima.
 Apesar de ser algo bizarro, o “Olho da África” — também conhecido pelo seu nome técnico, que é “Richat Sctructure” — não passa de um fenômeno bastante natural. Essa enorme cratera fica localizada no Deserto do Saara e é o resultado de impacto de um meteoro grande e antigo, que aconteceu há milhares de anos.
 A força da batida foi tão grande que gerou uma estrutura com 50 quilômetros de diâmetro. Mesmo assim, a princípio, ela não deveria ser vista do espaço, mas o efeito erosivo dos ventos do deserto acabou aumentando as formas do “Olho da África”, permitindo que até mesmo o Google Maps o captasse.

Imagem: NASA